Parábola: A borboleta e o casulo #compartilhando

“Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo. Um homem sentou-se observando a borboleta por várias horas e com atenção verificou o quanto ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco. Então, pareceu que ela parou de fazer progresso. Ficava a impressão de que ela tinha esgotado seus esforços e não conseguia ir mais longe. Neste momento, o homem decidiu ajudar a borboleta, pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta saiu facilmente. Mas, seu corpo estava murcho, era pequeno demais e tinha as asas amassadas. O homem continuou sua observação porque esperava que a qualquer momento as asas abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo, que iria se afirmar a tempo. Nada aconteceu! Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e as asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar. O que o homem em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendera era que o casulo apertado e o esforço da borboleta para passar através da pequena abertura constituía-se na receita de Deus para que o fluído do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de maneira que ela estaria pronta para voar, uma vez que estivesse livre do casulo.”
Autor desconhecido

Please follow and like us:

Rocha

Vou mostrar-vos com quem se parece todo aquele que vem a mim, ouve as minhas palavras e as põe em prática. É semelhante a um homem que construiu uma casa: cavou fundo e colocou o alicerce sobre a rocha. Veio a enchente, a torrente deu contra a casa, mas não conseguiu derrubá-la, porque estava bem construída.” Lc 6,47-48

Construir a casa sobre a rocha é muito mais difícil, não é mesmo?

Imagine só, ter que subir e descer inúmeras vezes carregando o material necessário. Cansativo né?

O tempo que isso gera também é maior, até porque é necessário firmar o alicerce para se certificar de que está segura. Diferente de uma casa no chão e sem alicerce, que fica pronta rapidamente. Sem tanto esforço, lá estará ela.

Mas o que é lemos na Palavra é que a construção sobre a rocha tem a rigidez para aguentar as adversidades. É a busca pelo que não passa, não nos será tirado. É a certeza do eterno de Deus!

Dá trabalho, é cansativo, o tempo de espera é maior, sem dúvida. Mas é a construção que traz segurança, é a espera e trabalho pelo que vale à pena.

A bondade de Deus é tão grande que Ele nos permite escolher onde construímos nossa casa e nossa vida, além de falar em parábolas para o entendermos melhor.

<3

Please follow and like us:

Detalhes

A vida é engraçada. Achamos que um dia ruim nunca acabará, que o sofrimento nunca passará.

Até que Ele vem com seu amor, e muda tudo. Muda, como da água pro vinho, a tristeza e alegria.

O desespero em confiança.

A ansiedade em paciência.

Transforma, a seu tempo, lagarto em borboleta. Semente em flor.

E faz querer agradecer e agradecer, pois mesmo sem eu entender, Ele cuida a todo momento de cada detalhe, somente para nossa felicidade.

<3

Please follow and like us:

alegria todo dia :)

E para um sábado lindo, uma música sobre as coisas simples que tornam tudo mais alegre e feliz.

Que assim seja, todos os dias <3

“Rir até doer a barriga, pão quentinho da padaria
Receber carta pelo correio, ouvir o alarme do recreio
Andar descalço na areia, barraca, lua, uma fogueira
Lamber colher do bolo, encontrar moeda no bolso
Correr na rua, banho de chuva
Sorvete no verão, brincadeira de irmão

Mas, se a gente juntasse as pequenas alegrias
Seriamos felizes todos os dias
Mas, se a gente juntasse as pequenas alegrias
Seriamos felizes todos os dias

Orgulho de trabalho bem feito, chegar em casa mais cedo
Brincar com seu cachorro, a mãe deixar ficar com o troco
Elogiarem sua comida, estar com a família
Mensagem de madrugada, música preferida bem alta
Cantar debaixo do chuveiro, dançar na frente do espelho
Encontrar velho amigo, apertar plástico bolha, ficar um tempo à toa

Mas, se a gente juntasse as pequenas alegrias
Seriamos felizes todos os dias
Mas, se a gente juntasse as pequenas alegrias
Seriamos felizes todos os dias

Ouvir histórias de amor, voz de robô no ventilador
Olhar nos olhos teus, conversar com Deus
Ir para igreja, passear na feira
Paz no coração, liberar perdão, abraço inesperado
Trabalho voluntário, estar vivo, fazer aniversário

Mas, se a gente juntasse as pequenas alegrias
Seriamos felizes todos os dias
Mas, se a gente juntasse as pequenas alegrias
Seriamos felizes todos os dias

Mas, se a gente juntasse as pequenas alegrias
Seriamos felizes todos os dias
Mas, se a gente juntasse as pequenas alegrias
Seriamos felizes todos os dias”

Pequenas alegrias – Marcela Taís 🙂

Please follow and like us:

A Beleza e as dores da Mulher

Hoje acordei pensando nas mulheres; sua beleza e suas dores. Sempre me impressionou o fato da mulher ser a última criação de Deus. Sempre vi nisso algo de especial.

Ora, se Deus criou o mundo em “seis dias”, e foi fazendo tudo surgir numa ordem crescente de perfeição: minerais, vegetais, animais, homem e mulher; então, a mulher é a mais linda criação de nosso Pai.

Isto me faz entender um pouco melhor a sua beleza, e também as suas dores. De um lado é a mais linda das criaturas, não só na beleza do corpo, dos olhos, dos cabelos, das mãos, que fascinam os homens; mas especialmente pela beleza do seu espírito: delicada, sensível, doce, detalhista, suave e frágil como uma flor de pessegueiro, mas, às vezes, paradoxalmente, rígida e forte como uma lâmina de aço. Continue lendo “A Beleza e as dores da Mulher”

Please follow and like us:

florescer

Eu amo o mês de setembro. Especialmente desde o último, quando nossa flor preciosa chegou logo no segundo dia.

Setembro, pra mim, é um mês leve, claro, calmo, colorido.

O inverno vai se despedindo e dando lugar à primavera que, por sua vez, vem enchendo nossos olhos e corações de flores, de delicadeza, de dias ensolarados e leves brisas.

“Só as flores respondem o que as palavras ainda não sabem perguntar” Pe. Fábio de Melo

Continue lendo “florescer”

Please follow and like us:

amor maior

Fomos feitos para amar. Essa é a finalidade para os quais Deus nos criou. Prova disso é que fomos feitos à sua imagem e semelhança (Gn 1,26) e Ele é o próprio amor (1Jo 4,8).

Mas esse amor, tão difundido atualmente, está além de gostar, estimar, se apaixonar. Amor não é efêmero, conforme as minhas ou suas necessidades, sejam elas quais forem.

Se Deus é verbo (Jo 1,1), e verbo é ação, logo o amor é ação. Amar alguém é ter a decisão de fazê-la feliz, mesmo que isso custe a nossa própria felicidade. Devemos nos amar entre irmãos, amar nossos pais, amigos. Amar a pessoa que Deus envia especialmente para caminhar conosco, nos transformar mutuamente em melhores pessoas. Amar também àquele que não queremos amar, que temos dificuldade, pois para amar de verdade precisamos ir além do nosso meu julgamento, devemos decidir, por mais difícil que isso seja.

No livro “Quero um Amor Maior”, escrito por Adriano Gonçalves, o autor percorre um caminho que nos explica sobre o verdadeiro amor de Deus e como isso gera em nós um olhar diferente sobre como amar o outro, especialmente quando trata-se de amizade, namoro, noivado e matrimônio, pois o verdadeiro amor de Deus quer que isso aconteça com Ele presente em todos os momentos, e sem antes nos esquecermos de que, para amar o outro, preciso amar a Deus em primeiro lugar e para sempre. Continue lendo “amor maior”

Please follow and like us:

time to breathe

Conversando com algumas pessoas, tenho percebido como estamos todos em um ritmo acelerado, correndo contra o tempo para dar conta das tarefas do dia-a-dia.

Manter a cabeça ocupada e o corpo em movimento, sem dúvida, se faz necessário e bem para o nosso viver, mas às vezes precisamos parar, frear um pouco esse ritmo.

Conversando com uma amiga, que mora próximo à mim, percebemos que há mais de oito meses não nos vemos. Uma vergonha. Onde já se viu uma amizade assim? O whatsapp não substitui o abraço e os papos por longas e agradáveis horas, mas que na “correria” se transformaram em pequenos diálogos em aplicativos. Triste, não?

Sinceramente, não estou muito afim dessa “correria”, não. Como costumo dizer, eu quero é paz. Aproveitar com simplicidade e calma os momentos que podemos viver e não sofrer depois de perdê-los. Continue lendo “time to breathe”

Please follow and like us:

eu pude, e ainda posso ver…

“Coisas que vivi me mudaram pra melhor
E tudo que eu perdi, vi o teu amor restituir
Apurando meu coração

Viver experiências que nunca esqueci
Que me levaram pra perto de ti
Pude ver
Em meio a dor entendi o teu querer
Eu vi agir em mim o teu poder

Eu pude ver tua mão em tudo que passei
Ouvi tua voz me ensinando
Eu pude ver tua mão nas lutas que enfrentei
Em cada momento que eu vivi”

Coisas Que Vivi – Adriana Arydes

Gratidão através de uma música que me veio à cabeça e ao coração.

Please follow and like us:

Sempre

Quando decidimos ter em Jesus o nosso centro, é fato que passamos a ver as coisas de um jeito diferente. Tudo passa a ter sentido, desde o riso, o abraço, até o sofrimento.

O sempre, que Mateus nos fala no final de seu livro, é também sobre os dias não tão fáceis assim. Mas é justamente nesses dias que nos fortalecemos, pois sabemos que Ele tem o controle de tudo, mesmo quando tudo parece sem controle.

Assim, podemos descansar e somente confiar.

Graças por poder contar, sempre, com um lugar seguro.

“Confiar que tudo está acontecendo por algum motivo, é muito mais poderoso do que saber qual é o motivo para que tudo aconteça.” Autor desconhecido 

Please follow and like us: