Sobre um amor que leva ao amor #compartilhando

O caminho para um namoro santo exige maturação, renúncia, espera e paciência

É maravilhosa a essência do amor em todas as suas faces, mas essa experiência perfeita se torna delicada e negativa quando se desvirtua de sua realeza. Amar é dom de Deus e por isso é uma experiência tão perfeita.

Amar é um exercício complexo e encantador, no qual deixamos de viver exclusivamente o nosso tempo para entrar, esperar e compreender o tempo de alguém. E aí temos de perceber a profundidade desse sentimento; amar é, sim, entrar no tempo do outro, é entender, perdoar, estar ao lado sempre, mas não é apoderar-se das vontades alheias nem possuir as rédeas da vida do outro.

Um amor verdadeiro não afasta as pessoas, mas as aproxima; não atropela as etapas que devem ser respeitadas. Não pertencemos a ninguém, não somos propriedade ou objetos de satisfação pessoal; o namoro é, antes de tudo, momento de conhecimento. Somos templo do Espírito Santo de Deus, pertencemos somente a Ele. Amar não é acorrentar, ao contrário é libertar o outro para um mundo diferente do isolamento, da autossuficiência.

Como diz padre Fábio de Melo, “Amor humano é devolução, é restituição. E aquele que aceita qualquer coisa, também será deixado por qualquer coisa”. Somos filhos do céu, filhos da luz, merecemos o Amor em sua mais fiel essência e pureza, não podemos nos contentar com migalhas, fantasias passageiras, promessas imaturas e impensadas. Amar exige maturação, exige renúncia, espera e paciência. É saber entrar no tempo do outro e, acima de tudo, saber permitir que o outro entre em nosso tempo quando isso, de fato, valer a pena.

Diante disso, procure um amor de verdade, diferente daquele que lhe manda flores, envia mensagens e cartões apaixonados; procure um amor que seja muito mais do que isso! Procure um amor que o ajude na caminhada árdua para chegar onde todos nós devemos ir: ao céu!

Um amor que ache seu terço a pulseira mais bela, seu escapulário o seu colar mais lindo, que veja nas suas roupas (avessas ao que o mundo prega) um sinal de pureza e integridade e a ache a mulher mais bela do mundo! Compreenda que, na hora da missão, a rasteirinha toma o lugar do salto alto, que o Evangelho é o mais lindo batom que deve sempre estar em seus lábios e encontre, no seu olhar de compaixão aos irmãos, o brilho mais bonito!

“Amar é, sim, entrar no tempo do outro, é entender, perdoar, estar ao lado sempre”

Aquele que entenda que as músicas ouvidas por você são sinal de oração e ligação profunda com o seu Maior Amado: Deus; compreenda que a Missa diária não é loucura ou fanatismo, mas uma necessidade; saiba que a sua Bíblia é o que nunca falta na sua bolsa! Aquele que compreenda sua vocação e a ajude a seguir nesta vontade do Pai!

Procure um amor que entenda a importância da adoração ao Santíssimo Sacramento, muito mais que um encontro de vocês! Que veja, nos retiros e congressos, pontes que poderão levá-los ao Eterno, e não se importe em adiar passeios e viagens por isso! Acredite que a castidade é o único caminho para um namoro santo e um matrimônio enraizado na fé!

Que sejam assim, desde o início, o nosso relacionamento, baseados em princípios e valores da Palavra de Deus e nos mandamentos da Igreja, é verdade que, nem assim, serão perfeitos; sempre passarão por dificuldades, mas é mais certo ainda que estarão no caminho certo, afinal estaremos construindo em rocha firme, portanto, nada poderá derrubar o que vêm de Deus! Por mais difícil que pareça, creia que Deus está preparando seu amado! Paz e Bem!

Giselle Ferreira (Membro da Comunidade Mariana Boa Semente – Quixeramobim/CE)

Via: http://destrave.cancaonova.com/o-caminho-para-um-namoro-santo/

Muita calma nessa alma

Ela é ansiosa demais. Quer controlar tudo e fazer tudo para ontem. Daí, Ele vem e mostra a verdade.

Como em um texto lido essa semana “somos o pincel e Deus é o artista”. Não adianta querer ser o que não cabe.

Nos momentos de crise, onde só se quer chorar (e comer chocolate :x) ela se lembra de quem ela tem. E se acalma. E confia. E continua.

Ah, e ouve essa música também.

“(…) Lembra que foi Ele quem criou o mundo
Lembra que Ele tem o controle de tudo
Lembra que foi Ele que soprou este ar
Que passa ai dentro e te faz respirar
Entre milhões de orações, pode sim te escutar
Enquanto você dorme, continua a trabalhar
Não é segundo suas expectativas
Deus fará além, além, além, além do que você imagina (…)”  <3

https://www.youtube.com/watch?v=KGqQt9TeIQc

Gratidão + JS

Pude viver um dos finais de semana mais emocionantes e felizes da minha vida.

Na presença de Deus e dos irmãos disse SIM ao compromisso com Deus, através dos Jovens Sarados.

Uma forma de dizer obrigado a Ele que quer o melhor pra mim e merece o melhor de mim.

Uma forma de agradecer por somente me aceitar e não olhar por onde andei.

Que eu seja a mulher de Deus que meu pai merece. A menina dos olhos dEle. Que eu seja digna das promessas que Ele tem pra mim!

Confiança, caminhada, espera…

e claro, tudo por Jesus e nada sem Maria! <3

11.24 pra não esquecer

Rocha

Vou mostrar-vos com quem se parece todo aquele que vem a mim, ouve as minhas palavras e as põe em prática. É semelhante a um homem que construiu uma casa: cavou fundo e colocou o alicerce sobre a rocha. Veio a enchente, a torrente deu contra a casa, mas não conseguiu derrubá-la, porque estava bem construída.” Lc 6,47-48

Construir a casa sobre a rocha é muito mais difícil, não é mesmo?

Imagine só, ter que subir e descer inúmeras vezes carregando o material necessário. Cansativo né?

O tempo que isso gera também é maior, até porque é necessário firmar o alicerce para se certificar de que está segura. Diferente de uma casa no chão e sem alicerce, que fica pronta rapidamente. Sem tanto esforço, lá estará ela.

Mas o que é lemos na Palavra é que a construção sobre a rocha tem a rigidez para aguentar as adversidades. É a busca pelo que não passa, não nos será tirado. É a certeza do eterno de Deus!

Dá trabalho, é cansativo, o tempo de espera é maior, sem dúvida. Mas é a construção que traz segurança, é a espera e trabalho pelo que vale à pena.

A bondade de Deus é tão grande que Ele nos permite escolher onde construímos nossa casa e nossa vida, além de falar em parábolas para o entendermos melhor.

<3