Um amor perfeito

Alguém te disse que te ama hoje? Talvez seus pais, irmãos ou amigos tenham dito. Não sei se isso basta para você, mas por vezes eu (mesmo ouvindo deles) queria ouvir também de alguém especial, encontrar alguém para enfim viver o amor romântico que nosso coração tanto espera. Isso faz sentido para você? Se sim, peço que fique por aqui!

Por muito tempo meu coração esperava ansioso por encontrar um homem que pudesse formar uma família, e nessa espera eu fui surpreendida (realmente) com um amor perfeito.

Vou contar uma experiência que vivi, para que você entenda como as coisas começaram a mudar. Certa vez, eu estava voltando de uma Missa, e, por eu ter ido sozinha e não conhecer ninguém lá, era habitual aquele sentimento de solidão ou abandono, sabe? Então, voltava eu dirigindo em uma avenida aqui na cidade, quando olhei para um desses outdoores sobre feiras de noiva, o qual tinha a foto de um casal vestido para o casamento: o rapaz com um olhar apaixonado vestindo seu belo terno e a moça, lindíssima, em seu vestido de noiva branco. Eu olhei aquela foto e pensei: quanta falsidade! É impossível que isso seja real, é impossível que ele não queira nada em troca ou que vá amá-la até o fim, como tantos prometem no altar.

Ali, parada no semáforo, aqueles pensamentos tomaram grande proporção dentro de mim e algo aconteceu a partir dali. O Espírito Santo começou a me incomodar em descobrir o porquê daqueles pensamentos e sentimentos, e, após alguns instantes, Ele mesmo me fez entender que eu não me sentia amada por ninguém pois eu não me sentia amada por Deus!

Olha só aonde um outdoor de feira de noivas me levou (Deus se usa de tudo mesmo, né? rs)

Naquele momento, comecei a refletir que eu não sabia o que era ser amada, e consequentemente eu não sabia amar. Foi uma mistura de lágrimas com a sensação de ter encontrado uma solução. Faltava amor na minha vida! E não era qualquer amor, era um amor total, um amor perfeito.

Veja bem, como falei há pouco, eu estava voltando da Missa. Ou seja, eu já estava mais próxima de Jesus, mas faltava ainda que eu deixasse que o Amor tocasse a minha vida e foi necessário que Ele me abrisse os olhos para essa situação que eu estava vivendo.

Meditando a Palavra, em 1 Coríntios 13,8-12, o Senhor me fez entender que tudo que eu conhecia até então era limitado, por isso era tão torto e não preenchia, mas o amor de Deus era e é o perfeito.

“Mas quando chegar vier o que é perfeito, o imperfeito desaparecerá.” Coríntios 13,10

Até ali, naquele instante, eu não me imaginava sendo amada na minha totalidade e gratuitamente por Deus (e consequentemente pelos outros), por isso era tão difícil pra mim me ver contente somente com Ele, pois estava sempre esperando por aprovação, atenção, necessitando que minhas carências (imperfeitas) fossem supridas, sendo que somente o Amor de Deus (perfeito) é que poderia me preencher e saciar.

Depois de chorar muito pude viver uma grande libertação, e a partir daquele momento o Amor Dele começou a me preencher de uma tal forma que, a cada passo, Ele ia sendo o objeto da minha atenção e amor, e os demais amores, aqueles que citei no começo do texto, foram se tornando complemento, pois eu já tinha conhecido e queria mais e mais o Amor que era perfeito!

Hoje eu partilho essa experiência para que, de alguma forma, Deus possa tocar o seu coração. Será que você vê inteiramente amada(o) por Deus? Será que você procura em outros amores (limitados) o que só em Jesus, e em Seu amor, pode encontrar (perfeito) ?

Te convido a pedir a presença do Espírito Santo de Deus e, em um momento de oração, buscar refletir sobre sentir-se amada(o), se suas carências tem gritado em seus pensamentos e emoções, e deixar que o próprio Amor se apresente a você e faça uma revolução na sua vida!

Para ouvir Deus me ama – Thalles Roberto

Essa experiência foi o início de uma longa jornada, que espero partilhar por aqui!

Fiquem com Deus! Salve Maria!

Com amor, Vanessa!